7 gatilhos mentais poderosos para blog de afiliado

Você que tem blog de afiliado, já ouviu falar sobre e para que servem os 7 gatilhos mentais mais poderosos?

Exemplo: quando decidimos escovar os dentes, essa decisão é feita conscientemente, então o cérebro assume o controle de emitir os sinais necessários no corpo, para que a ação seja realizada.

Enquanto algumas ações do cotidiano demandam pouco esforço ou raciocínio, enquanto outras pedem maior raciocínio e desgaste mental. Um exemplo seria a compra de um carro.

Imagine se toda vez que você precisasse tomar uma nova decisão, o seu cérebro precisasse fazer uma detalhada análise de cada setor da situação.

Viveríamos cansados mentalmente. Mas para nossa alegria, nosso sistema nervoso tem um mecanismo que faz uma filtragem validando assim, nossas escolhas. Aí que entram os gatilhos mentais.

Nada mais são do que sinalizadores que o cérebro usa para não precisar fazer todo o trabalho de reflexão cada vez que for preciso tomar uma decisão.

Em resumo, ao usar os gatilhos mentais da maneira certa, você consegue o engajamento das pessoas, dando motivo para que ajam.

Já parou para se perguntar alguma vez, em que são baseadas suas decisões?

Saiba que todas as nossas decisões são baseadas primeiramente no inconsciente e só depois no consciente. Quer saber porque isso acontece?

Em um estudo feito pela Associação Americana para o Avanço da Ciência (AAAS) foi revelado que o ato de decisão pode ser dividido em três partes:

  1. Seu cérebro decide o que você vai fazer;
  2. Essa decisão aparece na sua consciência, o que transmite a sensação de que você está tomando a decisão de forma racional;
  3. Você age de acordo com a decisão tomada.

Prossiga a leitura desse artigo e saiba quais são os 7 gatilhos mentais que quero te apresentar aqui no blog, e como você poderá usar cada um deles em seu próprio negócio e também em sua vida pessoal. Aqui vão eles:


Gatilho mental #1 – Relação Dor x Prazer

Ao usar esse gatilho você deve levar em consideração que as pessoas se preocupam mais em ficar longe do sofrimento, do que conseguir satisfação.

Então nesse caso, apresente soluções que seus produtos ou serviços oferecem para os problemas dos clientes.

Procure focar na dor das pessoas, dizendo sobre cada aspecto negativo daquele desconforto e como aquele incômodo tem atrapalhado a vida do seu público.

Primeiro use palavras negativas e só em seguida use palavras associadas ao prazer.

Bônus: Caso você deseje ver na prática o uso desse gatilho mental em um vídeo, conheça a página do tema que uso aqui no blog, tema premium chamado Avenger para WordPress.

Dá para você fazer a identificação desse gatilho mental como todos os seis restantes.

Gatilho Mental #2 – Reciprocidade: Lei do retorno – Gentileza gera gentileza

A reciprocidade é um dos gatilhos mentais mais importantes. Porque temos o costume de querer retribuir a pessoa ou àquilo que de alguma forma nos gerou valor.

Logicamente que isso deve ser feito de coração, pois as pessoas percebem isso.

O objetivo principal deve ser deixar a vida das pessoas mais simples e só depois, isso se transformar em algum lucro para você.

Para usar o gatilho mais nobre de todos em qualquer tipo de negócio, mesmo em negócios que não usam o marketing de conteúdo. Tenha sempre materiais gratuitos para seu público alvo.

Inclusive quando for vender algo, ofereça uma amostra gratuita de seu produto ou serviço.

Deixando assim uma sensação na pessoa, de que lhe deve um favor que precisa ser retribuído de alguma forma, que pode ser comprando algum de seus produtos ou se cadastrando em sua lista de email.

Gatilho Mental # 3 – Urgência: Ou vai ou racha!

Esse gatilho da Urgência é muito parecido com o da escassez, porém está muito ligado ao fator tempo, porque o serviço ou produto tem um limite de tempo com prazo para serem adquiridos.

Não deixa de ser um gatilho muito poderoso pois, uma das piores sensações para nós seres humanos é a de não podermos escolher o que queremos.

Porque depois que o prazo chegar ao fim, a única escolha que restará para a pessoa será ficar sem aquele tipo de serviço ou produto.

E como é odiável o sentimento de impotência, agimos os mais rápido possível.

Porque no final das contas, adquirir um produto e se arrepender é menos pior que depois ter que conviver com a dúvida de como seria a diferença que aquilo faria na sua vida.

Ative esse gatilho mental, como palavras que careçam de uma resposta imediata, como: “Sua última chance”, “Só por hoje”, “Agora”, “Imediato” e “Hoje é o último dia”.

Procure usar somente se realmente o que você tiver a oferecer, for urgente e finito e sempre explicando o porquê. Preferencialmente use-o juntamente com outros gatilhos como a reciprocidade.

Gatilho Mental #4 –  Autoridade: Manda quem pode, obedece quem é marido

Este é um gatilho muito específico, porque mesmo sendo muito funcional ao mesmo tempo pode prejudicar se usado indevidamente.

Na década de 90 houve um grande estudo feito por Stanley Milgrim (link na Wikipedia), onde pessoas se dispuseram a castigarem outras participantes de acordo com as ordem de um professor (autoridade).

Cada vez que um dos participantes (no caso ator) errasse uma pergunta, outra pessoa do estudo (pessoa comum), daria-lhe um choque.

Lógico que esses choques eram de mentira, porém o ator fingia estar sentindo muita dor, gritando e chorando cada vez mais.

Os participantes continuavam cumprindo o mandado, mesmo se sentindo desconfortáveis com a situação.

Porque nós seres humanos temos a tendência de obedecer a quem julgamos superior, por questão de respeito.

Logo, desejando você ser uma pessoa em que inspire a confiança de outras, é necessário posicionar-se como uma autoridade em seu nicho de atuação.

O uso desse gatilho em seu negócio deve-se mostrar que você entende bem do que está falando.

Seja pelo veículo da escrita ou explicação para depois vender.

Lembre-se de antes de vender qualquer coisa, oferecer um material gratuito para seu público.

Conquistando a confiança das pessoas e mostrando que você tem experiência a autoridade será inevitável consequência, vinda em conjunto com a reciprocidade gatilho que já vimos anteriormente.

Use como prova social tudo que tiver em mãos, exemplo: peça que especialistas em seu nicho, gravem depois sobre você, caso você já tenha dado alguma palestra em algum evento use a seu favor.

Falando nisso, a página sobre deste blog existem fotos de algumas palestras que já participei como afiliada, em um dos maiores eventos para afiliados da América Latina.

Extra: Caso você já tenha alcançado sua autoridade no mercado, não à desvalorize promovendo profissionais ou produtos que você não tem plena confiança.

Preste atenção nisso, caso você deseje trabalhar na internet. Trata-se de sua credibilidade em jogo.

Gatilho Mental #5 – Prova Social: Semelhante atrai semelhante

Existe um velho ditado popular que diz: “Diga-me com quem andas e eu te direi quem tu és”.

Somos seres sociais e temos a grande tendência a andar em grupos. Grande parte de nossas atitudes se baseiam nos que esperam de nós.

Desde adolescentes temos a precisão de participar de grupos para que sintamos pertencimento e nos identifiquemos como indivíduos, dessa maneira esse gatilho mental da prova social é muito poderoso.

Vamos fazer uma ilustração, imagine você procurando um restaurante para se alimentar e passando em frente à dois restaurantes: um bem cheio e com fila de espera, e o outro completamente vazio…Em qual você escolheria entrar?

Mesmo as pessoas não gostando de esperar, elas preferem não passar por decepção. Somos tendenciosos a pensar que se está cheio é porque é bom, e o contrário disso também.

Gatilho Mental # 6 – Escassez: “Eu era feliz e não sabia”

Nos negócios assim como na vida em geral, costumamos dar mais valor aquilo que está em falta ou é escasso.

Fazemos a associação de que quanto mais difícil de conseguir determinado objeto de desejo, mais raro e valioso ele é.

Acredite, estudos realizados por Daniel Kanheman e Atversky comprovam que a dor da perda é mais intensa que o sentimento de ganhar, o equivalente à 1,5x – 2,5x maior. O que é perfeitamente compreensível…

Palavras são extremamente poderosas. Se usadas para trazer reforço à um gatilho mental, tornam-se muito persuasivas. O gatilho da escassez é um dos mais poderosos.

Quando seu potencial cliente não está decidido a comprar o seu produto, a situação de não podê-lo mais adquirir o fará agir rapidamente.


Quando você envia uma mensagem de whatsapp ou email para o seu cliente, avisando que é a última oferta, ou faz uma comunicação de que são as “últimas vagas”, o público informado costuma tomar decisão rapidamente de uma forma quase que automática.

Acontece isso porque o medo inconsciente o fará tomar a ação para evitar de perder aquela oportunidade que talvez possa ser a única.

Faça uso desse gatilho, oferecendo um conteúdo que seja único, à um público exclusivo de pessoas

Lembre-se sempre de usar esse gatilho se a escassez for realmente verdadeira, caso contrário, “o tiro poderá sair pela culatra” e acabar causando a impressão em seu público de que está usando desse artifício somente para chamar atenção.

Gatilho Mental # 7 – Porque: “A melhor maneira de conseguir respostas melhores é começar fazendo perguntas melhores”

A bem da verdade, deveríamos saber que nossas atitudes são tomadas pelo nosso inconsciente, nossa mente está sempre procurando justificar nossas ações por respostas racionais.

Até mesmo em caso de situação onde não exista uma justificativa plausível, o nosso cérebro sempre busca algum significado.

Quem sabe não seja por essa razão que às vezes pessoas busquem o sobrenatural para explicar alguns fatos.

Mesmo crianças da mais tenra idade, fazem perguntas referentes a situações estranhas a elas.

Em sua demonstração de marketing ou vendas, coloque o motivo de você estar oferecendo algo, irá saciar a mente consciente da pessoa.

Um exemplo disso é: Creio piamente que toda pessoa pode trabalhar em casa com as estratégias corretas para, ganhar dinheiro online com marketing de afiliados.

Porque todo mundo possui uma habilidade especial que todos precisam conhecer por meio de um site/blog na internet.

Aqui nessa página sobre o blog, eu explico o meu “porque”, e também como é bom ser leitor desse blog e se cadastrar em nossa lista de emails.

Analise sua ação de vendas através do olhar do seu público alvo e obtena todas ou as principais objeções sobre seu produto ou serviço.

Toda vez que você for fazer uso dos gatilhos de urgência ou escassez, explique o porquê das vagas serem limitadas em seu curso.

Ou o porquê do seu curso ter uma data limite para ser vendido.

Porque quando acontece de não existir uma explicação, provavelmente as pessoas desconfiam de ser mais uma estratégia de vendas.

Lembre-se de que: se você deu sua palavra que as vendas encerram no dia seguinte, assim deve acontecer e ponto.

Pessoas dão muito valor entre o que fazemos e falamos. Se você gostou desse artigo lembre-se, de compartilhá-lo nas redes sociais.

Você tem algum gatilho que não conhecia ou algum case de sucesso de algum gatilho que usou? Deixe nos comentários logo abaixo. Irei amar saber!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

10 Comentários

  1. Justin disse:

    Colocação fantástica, muito informativo. Eu me pergunto por que os especialistas opostos desse setor não percebem isso?

    Você deve continuar sua escrita. Tenho certeza que você já tem uma enorme base de leitores!

    Mantenha o bom trabalho!

  2. Lirian disse:

    Muito bom seu conteúdo, há um tempo atras eu nem dava importância para gatilhos mentais, mas lendo seu artigo , como vc colocou cada tópico, gostei de ler até o final.

    Beijusss

  3. MarinaRof disse:

    Muito informativo, parabéns!

    Sucesso!!

  4. Royal CBD disse:

    Obrigada por finalmente falar sobre os 7 Gatilhos Mentais [Poderosos], Para Mais Vendas em Blog de Afiliado.

    Gostei!

  5. Deise Castro disse:

    Após usar no meu negócio a estratégia dos gatilhos mentais, tudo mudou!